Céu que me sustenta

Imagem: Gabriel Medeiros

Voos altos e rasantes
Lanço-me no céu azul
– Infinitude –
Onde tudo se abstrai
Oceanos de nuvens
Ondas espumantes
Em mar alto
No céu alto
Mergulho em mim
É silêncio que me fala
Daquilo que calo
Enquanto voo
Linhas cruzam o mar
No céu levam para além
Laços em fios de cobre
Verbo e luz
Exuberância azul
Nadam neste mar
O verde e o sol
Sem fronteiras
Sem peias
Neste céu onde revoo
Nado a vida inteira
Entre sonhos e sonhos
Eu sonho
A salvo de mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *